Home » PROJETOS » Livros

Livros

menino pontilhado capaAs aventuras do Menino Pontilhado

Autor: Leo Tabosa

Sinopse: Joãozinho é um garoto com dificuldades em geometria e desencantado com o seu mundo e com tudo aquilo que o cerca, quando, de repente, por magia desse mesmo mundo desencantado, ele se encanta ao ser arremessado a um novo mundo, um novo planeta, o “Planeta Lata”.
Em Lata tudo é desenhado, tudo é colorido, é um mundo das fantasias e do lápis-de-cor. Um mundo desenhado tão somente para crianças, onde elas exercem o poder supremo, inclusive o de engolirem a lua para que nunca mais venha a noite e elas não tenham, jamais, que parar de brincar.

Projeto aprovado no Edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) – 2010/2011.

 

Lugar onde os pássaros

Lugar onde os pássaros cantam e as pessoas contam histórias

Autor: Pedro Rubens

Sinopse: “Lugar onde os pássaros cantam” é o que significa, em guarani, “Aracoiaba”, nome dado ao rio em cujas margens nasceu “Vazantes”, canto fértil. Tão importante rio que emprestou seu nome ao município inteiro. O Aracoiaba desce da serra de Baturité, serpenteia pelo sertão e corre para o mar. Nesse trajeto, constitui-se lugar privilegiado para o encontro dos passarinhos, além de alimentar vários açudes, verdejar inúmeras plantações e suscitar muitas histórias.

Projeto aprovado no Edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) – 2010/2011.

 

 

mandacaru selvagem

Mandacaru Selvagem

Autor: Leo Tabosa

Sinopse: O texto apresenta-se como uma comédia de costumes no melhor estilo da Comédie-Française e nos faz pensar em Molière. Assim como o gaulês, Leo tenta satirizar os tipos urbanos da contemporaneidade, seus vícios, suas fraquezas e, principalmente, a total falta de senso de ridículo desses personagens. Tudo poderia ser apenas engraçado, um besteirol tomado em pílulas como um agradável passatempo, se a comédia de Leo não fosse, em realidade, trágica. Deparar-se com a fauna humana apresentada pelo autor e olhá-los de forma não superficial, ao invés do riso, leva-nos ao desespero e à desesperança. Leo consegue fotografar o ser humano burguês atual em total desconexão com o seu próprio eu, alienado de sua humanidade, um reles desconhecido de si mesmo a tentar enquadrar-se em fórmulas pré-fabricadas e estereotipadas de felicidade. 

Projeto aprovado no Edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) – 2011/2012.

 

 

cópia de CapaAlteracao2Auto de Natal de Barro: o Menino e o Tambor

 Autor: Leo Tabosa

Sinopse: No texto, aqui apresentado, Leo Tabosa recria uma das mais importantes estórias da mitologia cristã, no sentido positivo de reconstituição histórico-imaginária: o nascimento de Jesus. É um Auto de Natal, ambientado, no Agreste de Pernambuco, no qual, existe a simultaneidade de duas linhas de ação: por um lado, e de uma forma, aparentemente, secundária, a saga de José e Maria, em busca de um abrigo para o nascimento do Menino Deus e, por outro, a jornada do Menino do Tambor e dos demais personagens que ele encontra, pelo caminho, todos à procura da Estrela Sofia, responsável por indicar o local exato do nascimento de Jesus.

Projeto aprovado no Edital do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura) – 2013/2014.